Cadeira de rodas para praia facilita lazer aos cadeirantes

Cadeira de rodas anfíbia. Você já ouviu falar sobre ela? É a tradicional cadeira de rodas para praia, que se transformou em uma grande opção de lazer ao cadeirante.

Com o verão e as altas temperaturas, todo mundo quer se divertir. Neste contexto, cadeirantes também podem – e devem – aproveitar o lado bom dos dias quentes, como as atividades na água.

O problema é que na cadeira de rodas comum não dá, pois ela tem uma série de limitações quando se fala em locomoção na areia.

Além disso, pouquíssimas praias e clubes com piscinas são preparados para oferecer acessibilidade ao cadeirante.

E é justamente aí que a cadeira de rodas anfíbia entra!

Ela dá oportunidade a pessoas com mobilidade reduzida, seja permanente ou temporária, de curtirem a praia com direito até de um banho de mar refrescante.

Quer saber mais sobre o assunto?

Continue a leitura.

O que é a cadeira de rodas anfíbia ou cadeira de rodas para praia?

modelo de cadeira de rodas para praia

 

Como nome já entrega, a cadeira de rodas anfíbia é adaptada para andar e funcionar tanto em ambientes terrestres como aquáticos.

Ela foi desenvolvida para facilitar e permitir o acesso de cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida, como idosos, a praias e piscinas, e até ambientes mais complicados de se chegar, como cachoeiras.

De forma segura, a cadeira de rodas de praia ajuda também na socialização, afinal o cadeirante consegue aproveitar as férias e os momentos de lazer ao lado dos amigos e da família.

Uma de suas maiores vantagens é que, apesar do tamanho, as rodas podem ser facilmente removidas sem a necessidade de ferramentas, facilitando a desmontagem e transporte no porta malas do carro.

 

Como funciona a cadeira anfíbia?

Diferente da cadeira de rodas convencional, a cadeira anfíbia é toda pensada para permitir o acesso de cadeirantes a ambientes de lazer.

As rodas largas garantem que a cadeira não atole ou afunde na praia, diminuindo a resistência da areia e facilitando o trajeto em praias que não oferecem trilhas ou passarelas adaptadas.

Pelo fato da cadeira de rodas para praia ser mais larga, o cadeirante vai precisar de ajuda para se locomover neste modelo, necessitando de um amigo ou cuidador para empurrá-lo.

 

De que é feita a cadeira de rodas para praia

Independentemente do modelo e do fabricante, as cadeiras de roda anfíbias são sempre feitas de material resistente à água e às intempéries do tempo.

O material principal de sua estrutura é normalmente alumínio aeronáutico ou aço inox. Ambos são leves e, com a pintura epóxi, se tornam resistentes à ferrugem, oxidação e possíveis estragos causados pela água com cloro ou água salgada.

As rodas são feitas de nylon inflável e fazem a cadeira flutuar dentro da água. Apesar disso, por questão de segurança, a cadeira não deve ser usada como boia.

O assento e encosto da cadeira anfíbia também são feitos de nylon, se assemelhando a uma cadeira de praia convencional.

Assim, mesmo depois de sair do mar, a água não fica acumulada no assento incomodando o usuário.

O tecido do encosto e assento também pode ser facilmente removido para ser lavado depois do uso.

 

Cuidados ao usar a cadeira de rodas para praia

É importante nunca usar a cadeira anfíbia sem acompanhamento, que pode ser feito por amigos, familiares e cuidadores, ou ainda de pessoal treinado, como acontece nos programas que disponibilizaram o aparelho em algumas praias com acessibilidade no Brasil.

Algumas pessoas também se sentem mais confortáveis usando um colete salva-vidas, com apoio de cabeça, enquanto estão usando o aparelho na água.

Esta é uma questão pessoal e pode variar de acordo com o nível de controle do tronco de cada um.

Não se esqueça também que a cadeira de rodas de praia é melhor aproveitada neste ambiente, já que não substitui a cadeira convencional na maioria das atividades do dia a dia.

É preciso atentar-se ao fato de que ela não foi desenvolvida para ambientes urbanos e nem mesmo doméstico, pois é difícil de ser manobrada em pequenos espaços.

Apesar disto, por conta da sua resistência, a cadeira de rodas anfíbia pode ser um bom acessório para outras atividades, como passeios em terrenos acidentados e até ser usada como uma cadeira de banho, se o seu banheiro comportar o tamanho.

O ideal é se informar com profissionais qualificados, como o seu médico, ou com funcionários de lojas especializadas. Eles estão acostumados a recomendar o melhor modelo e também fornecer instruções sobre a melhor forma de usar o aparelho.

 

Modelos de cadeiras de rodas anfíbia

Existem alguns modelos e marcas de cadeiras anfíbias no mercado. Uma das mais conhecidas é a Ortobrás, que produz dois modelos: a cadeira anfíbia Ipanema e a cadeira anfíbia Tropical.

Cadeira anfíbia Tropical

Fabricada em alumínio, a cadeira tropical conta com duas rodas infláveis de nylon, além do apoio para os pés, que é removível.

Cadeira anfíbia Ipanema

Conhecida como uma evolução do modelo Tropical, a cadeira de rodas para praia Ipanema conta com uma roda a mais, melhorando a locomoção pela faixa de areia.

Além disso, seu encosto possui quatro regulagens em posições diferentes para mais conforto do usuário, que pode até deitar para aproveitar um banho de sol.

 

Faixa de preço da cadeira de rodas para praia

Você vai encontrar lojas especializadas oferecendo modelos a partir de R$ 2.500. Apesar de ser um investimento alto, a vida útil da cadeira é grande e, com a manutenção correta, pode durar por vários verões.

Para ficar seguro na hora de fechar a sua compra, procure conferir depoimentos de quem já comprou.

 

Praias que oferecem a cadeira de rodas anfíbia

A cadeira anfíbia já pode ser vista nas faixas de areia de algumas cidades do Brasil, ainda que em quantidade insuficiente.

Existem alguns projetos pontuais de empréstimo e uso da cadeira de rodas anfíbia como o Praia Acessível, no litoral do Paraná, o Praia para todos no Rio de Janeiro, o Praia Acessível, em São Francisco do Sul e o Turismo Acessível, em Fernando de Noronha.

De modo geral, os programas que fornecem a cadeira e a experiência de uso na praia acontecem durante a alta temporada de verão, mas vale a pena procurar se informar sobre condições e datas de cada um, antes de planejar a viagem.

Se você quer ir para outras praias, consulte a administração municipal sobre a eventual disponibilidade deste modelo de cadeiras.

E se você já tem a sua, é só aproveitar.

O lado bom de ter a própria cadeira, é que dá para aproveitar durante todo o ano, pois há muitas praias lindas pelo Brasil a serem exploradas, mesmo durante o inverno.

Sem contar que, fora da temporada, é ainda mais fácil a locomoção por haver menos pessoas nas ruas, calçadas e areias das praias.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *