guincho para acamados

Guincho para acamados: tudo que você precisa saber sobre ele

Você já pensou em como seria mais prático se pudesse contar com um equipamento para ajudar na movimentação dos acamados sob sua responsabilidade? Pois é, muitos cuidadores e parentes de pessoas com dificuldade de locomoção também pensaram nisso até que descobriram o guincho para acamados.

Trata-se de um aliado para facilitar as atividades mais corriqueiras, como realizar a higiene da pessoa acamada, movimentá-la até o banheiro e transportá-la com segurança para a cadeira de rodas, por exemplo.

Também funciona muito bem com pacientes acometidos por condições degenerativas, como a Esclerose Amiotrófica ou Parkinson, que devem ser movimentados e levantados com uma certa regularidade da cama para evitar irritações na pele e atrofia dos músculos.

Só que a movimentação incorreta da pessoa acamada pode causar dores desnecessárias e até prejudicar ainda mais o seu quadro, dependendo do tipo de lesão.

Por esta razão, neste post vamos dar detalhes sobre este equipamento para que você fique seguro na escolha e na correta utilização.

Guincho para pessoas acamadas

 

O que é o guincho para acamados?

O guincho para pessoas acamadas, também conhecido como elevador individual ou guincho de transferência, é um aparelho desenvolvido para auxiliar a transferência de pessoas com mobilidade reduzida por conta de doenças ou deficiências físicas, além de idosos e obesos.

Como funciona o guincho para pessoas acamadas?

Dependendo do peso, tipo de lesão e até idade do acamado, as mudanças de posição e transição entre cama e cadeira de rodas, por exemplo, podem ser bastante complexas.

Não é incomum precisar da ajuda de mais de uma pessoa para realizar certos movimentos.

Por isso, o equipamento funciona como um elevador mecânico, diminuindo a necessidade do uso de força física pelo cuidador, que vai conseguir sozinho transferir uma pessoa de até 200 kg, dependendo do modelo do guincho usado.

O operador do guincho deve acomodar o paciente com cuidado no cesto de tecido –  conforme as instruções de uso -, antes de prendê-lo nos ganchos do elevador individual.

Depois de se certificar que o paciente está seguro, o cuidador aciona o levantamento do guincho e, com a pessoa erguida, pode transferi-la para a cadeira ou transportá-la para onde precisar.

 

Tipos de guinchos de transferência

Os aparelhos de transferência podem ser elétricos ou hidráulicos. Conheça as características de cada um:

Guincho de transferência hidráulico

Neste equipamento, o içamento do paciente é feito por meio de uma manivela, ou mesmo um pedal, deixando as mãos livres para realizar outras atividades.

O guincho hidráulico funciona com uma bomba hidráulica, que reduz o esforço feito pelo cuidador ao levantar a pessoa acamada.

Sua vantagem é que sem a presença da bateria, o peso total do aparelho tende a ser menor, facilitando o seu transporte.

Guincho de transferência elétrico

O guincho elétrico funciona de uma maneira bastante similar ao modelo hidráulico.

A maior diferença é que o içamento do paciente é feito por um motor, acionado por um botão e mantido por baterias.

Uma das vantagens do modelo elétrico é que ele não exige esforço físico nenhum do operador.

 

Indicações para uso do guincho de transferência

Embora a maior indicação para este tipo de equipamento seja o paciente acamado, a lista de pessoas que podem se beneficiar com o uso não para aí.

O guincho também é adequado para idosos e obesos e também para pessoas com:

  • Mobilidade reduzida;
  • Comprometimento do desempenho funcional;
  • Distrofia muscular;
  • Esclerose múltipla;
  • Esclerose lateral amiotrófica;
  • Osteogênese imperfeita;
  • Amiotrofia espinhal;
  • Osteoporose;
  • Parkinson;
  • Alzheimer;
  • Paralisia cerebral;
  • Lesão encefálica;
  • Acidente vascular encefálico, derrame;
  • Lesão medular, tetraplegia;

 

Vantagens do guincho de transferência de pessoas acamadas

Entre as principais vantagens em contar com este aparelho em casa, em clínicas e até no hospital estão:

  • Facilitar a locomoção e transferência;
  • Permitir a transferência feita por apenas um cuidador;
  • Evitar riscos de queda;
  • Dar mais segurança ao paciente movimentado;
  • Facilitar a higiene e idas ao banheiro

 

Como usar o guincho para pessoas acamadas

Apesar de ser um aparelho de fácil manuseio, o ideal é que o familiar ou cuidador que for utilizá-lo tenha prática ou algum treinamento. Acompanhe os passos:

  • Role o paciente com cuidado, colocando-o de lado
  • Coloque o cesto do guincho perto do paciente
  • Role o paciente de volta, certificando que ele fique centralizado no cesto
  • Alinhe o paciente nos apoios do cesto de acordo com o modelo
  • Com o guincho perto da cama, prenda o cesto nos ganchos do aparelho
  • Use o elevador individual para içar a pessoa acamada
  • Com cuidado, movimente o guincho e leve o paciente para onde precisar

Veja no vídeo um exemplo de como usar o guincho com um paciente na cadeira de rodas.

 

 

Quanto custa o elevador individual de transferência?

É possível encontrar guinchos para acamados custando entre R$ 6 mil e R$ 10 mil, dependendo do modelo e do sistema de içamento utilizado.

Apesar de ser um investimento relativamente alto, é importante que o preço do elevador individual não seja o único fator levado em consideração.

Atente-se sempre à qualidade, tradição da marca, garantia e se as características se aplicam às necessidades do usuário.

Principais marcas de guincho para acamados

O mercado oferece uma gama grande de marcas de elevadores individuais, aumentando a quantidade de modelos encontrados.

Confira:

Elevador Guincho Individual Freedom

Uma das características do guincho Freedom é ser compacto, podendo passar com tranquilidade em portas de até 60 cm de largura.

Além disso, o tamanho das rodinhas dos aparelhos também foi pensado levando em consideração a baixa altura das camas box.

Os aparelhos da marca Freedom são alimentados por baterias de autonomia alta, de até dez dias.

Dependendo do modelo, alguns dos guinchos de transferência Freedom também permitem que o paciente fique ereto.

Guincho de transferência Seat Mobile

A Seat Mobile produz guinchos de transferência que também chama de lift. Com uma capacidade de até 200 kg, os modelos desta marca também funcionam à bateria.

Os equipamentos da Seat Mobile contam com um selo de certificação da Anvisa.

O cesto é feito em nylon e o apoio pra cabeça do usuário em vinil.

Apesar de ser utilizado para atividades de higiene, as baterias do produto não devem entrar em contato com a água.   

Guincho de transferência Ortobras

A Ortobras é uma marca tradicional no mercado de soluções de mobilidade, desenvolvendo também uma linha de cadeiras de rodas bem conhecida.

Com o guincho para acamados, não é diferente. A Ortobras oferece modelos fáceis de manusear e de excepcional rigidez, de qualidade garantida e reconhecida entre os especialistas.

 

Como escolher o guincho para acamados

Agora que você tem muitas informações sobre o produto, resta apenas os cuidados básicos para se decidir entre as opções.

Como sempre lembramos aqui no blog da Ortobraz, só compre produtos para saúde e bem-estar com orientação médica e em lojas especializadas.

Verifique se o vendedor realmente conhece o produto e suas características. Tire todas as dúvidas e só feche a compra se se sentir seguro.

Não leve em conta apenas fatores como preço ou facilidade de pagamento. O que está em jogo é a praticidade no cuidado com o acamado e a melhoria na qualidade de vida dele.

Se gostou do artigo, compartilhe com pessoas que precisam destas informações.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *